quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Parque do Peruaçu MG

O Parque Nacional Cavernas do Peruaçu é um local onde belas paisagens são emolduradas pela arte rupestre pré-histórica, em sítios arqueológicos milenares de importância internacional e suas cavernas de grandeza colossal.

A Unidade de Conservação foi criada em 1999, e possui área de 56.400 hecatares, que compreende os municípios de Januária, Itacarambi e São João das Missões, na região norte de Minas Gerais.

O Parque foi estruturado recentemente e possui trilhas, mirantes e passarelas de proteção a sítios arqueológicos. Possui também um grupo de condutores ambientais treinados e credenciados pelo ICMBio para garantir uma experiência segura e única, num passeio de tirar o fôlego.

Venha conhecer o Peruaçu!


Quer organizar uma turma para esse lugar contacte nos 

Email henriqueguia@yahoo.com.br

sábado, 20 de janeiro de 2018

City Tour em Belo Horizonte

Após o café da manhã, saída para a Feira de Artesanato da Avenida Afonso Pena, uma das maiores da América Latina, com 1 km de extensão e 3.000 expositores. Eles mostram a criatividade e a beleza da arte mineira com uma grande variedade de materiais e preços. Também serão visitados o Complexo Arquitetônico da Lagoa da Pampulha, com construções projetadas pelo arquiteto Oscar Niemeyer; o Complexo Cultural da Praça da Liberdade, com jardins inspirados no Palácio de Versailles, e prédios neoclássicos e pós-modernos que abrigam o Museu de Antropologia, o Museu de Minas e Metais e o Palácio da Liberdade - antiga sede do Governo de Minas Gerais; o Museu Histórico Abílio Barreto, localizado em um casarão secular remanescente do período em que Belo Horizonte ainda era conhecida como Arraial do Curral Del Rey; a Praça do Papa, no alto do bairro das Mangabeiras e de onde se avista toda a cidade. Em seguida, viagem a Sabará para visitar as igrejas construídas no século 18. Embora tenham fachadas modestas de taipa e de madeira, a Capela de Nossa Senhora do Ó e a Matriz de Nossa Senhora da Conceição exibem no interior a riqueza do barroco. Retorno a Belo Horizonte e noite livre. Oportunidade para um bate-papo com os novos amigos em um dos muitos bares e botequins da capital.

Mineiro Tour receptivo Lapinha da serra

Distrito de Santana do Riacho, a Lapinha da Serra está localizada na região da Serra do Cipó e faz parte da APA (Área de Preservação Ambiental) Morro da Pedreira, cinturão de proteção do Parque Nacional da Serra do Cipó. Integra o circuito da Estrada Real e está a 143 Km de Belo Horizonte. Alguns a chamam Lapinha da Serra, os moradores mais antigos Lapinha de Belém.



henriktour@hotmail.com

domingo, 17 de dezembro de 2017

Caminhada na Serra do Cipó

Cachoeira da farofa - um dia

A Serra do Cipó é um dos destinos que nós da Henrik Tour fazemos  É uma região muito bonita e por ser perto de Belo Horizonte dá pra passar um fim de semana ou até mesmo fazer um bate e volta.   Cachoeira da Farofa. Apesar de ter 8 quilômetros de comprimento em cada trecho (16km no total), o percurso é todo plano e muito bem demarcado. Preferimos sair e voltar de BH no mesmo dia ao invés de pernoitar na serra e isto inclui o deslocamento de cerca de 100 quilômetros até lá (1 hora e meia ).Por isso conseguimos formar grupos rápido e sempre ta fazendo de forma regular esse roteiro .
Vem para Serra do Cipó  com a Henrik Tour que se preocupa com a sua saúde , caminhar faz bem a alma , ao físico e sua respiração . 
 
Roteiro detalhado 
07:00 encontro dos participantes em frente ao hotel, pousada ou outro endereço conforme a demanda .07:15 embarque no transporte com destino a Serra do cipó / MG (100 KM).
 
Para os que já estão hospedados na serra do cipó , o encontro/embarque será as 09:00 .
09:30 chegada ao parque nacional serra do cipó , alongamento e inicio da caminhada (8 KM) por uma trilha plana ate a cachoeira da farofa .
11:30 chegada a cachoeira da farofa , banhos , fotos , relaxamento .
13:30 caminhada de retorno (8 km ) ao transporte .
15:30 embarque para o retorno a Belo Horizonte .
17:30 chegada em Belo Horizonte .



Cachoeira da farofa créditos : Alexandre Gomides 






Dicas 

Durante o passeio aconselhamos usar roupas leves e claras (calças cumpridas e blusas de manga )
roupas de banho , tenis ou botas , meias grossas e boné ou chapéu .
- participante deve levar uma mochila com objetos pessoais , alimentos leves suficientes para todo o passeio, uma garrafa dágua , uma toalha , uma capa de chuva e uma muda de roupa extra ;

alimento ideal para passeio é : frutas, biscoitos , chocolates , sanduíches naturais , água , bebidas isotônicas e produtos energéticos .
aconselhamos levar protetor solar , maquina fotográfica , repelente, cajado , agasalho e óculos escuros .

Contato  
Henrique Félix 
HENRIK TOUR 
(31) 994316649 Whatsapp 

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Dicas de passeios em Minas da Henrik Tour



1. São João del Rei

A cidade ainda é marcada pelo período colonial do Brasil, estampado nos edifícios, casarões e sobrados históricos. É de lá que parte um trem Maria Fumaça rumo ao próximo destino desta lista, Tiradentes, levando os turistas para mais uma grande viagem no tempo. Confira opções de hospedagem aqui.

Grupo do sul com a Henrik Tour em São João del rei


2. Capitólio

Rodeada de belas paisagens, a cidade é um prato cheio para os adeptos do ecoturismo. A represa de Furnas e suas águas esverdeadas é a menina dos olhos da região, que ainda conta com cachoeiras, trilhas, mirantes, grutas e a chamada Lagoa Azul, outro ponto alto do local. Descubra lindas opções de hospedagem em Capitólio aqui!

















3. São Tomé das Letras

A pitoresca cidade mineira atrai muitos jovens e aventureiros que querem desvendar seus mistérios. Inúmeras lendas permeiam a cidade histórica, rodeada de misticismo. Cachoeiras, grutas e um incrível pôr-do-sol do alto da Casa da Pirâmide divertem os viajantes, que também têm como vantagem um céu estrelado durante a noite. Opções de pousadas você encontra aqui.




temporada de verão na Serra do cipó



Durante os meses de setembro e outubro, quando já não está tão frio e as chuvas não são tão frequentes em Minas Gerais, as cachoeiras mineiras são uma excelente opção para quem quer fugir da rotina e se divertir. O Sou BH indica as melhores cachoeiras de Minas Gerais:



Tabuleiro
É a mais alta cachoeira de Minas Gerais, e a terceira do Brasil. São 273 metros de queda livre a partir de um paredão. A paisagem é de tirar o fôlego. Na parte alta da cachoeira, o aventureiro encontra outras quedas menores e alguns lagos. Mas na parte de baixo, tem um poço com 18 metros de profundidade. Fica localizada no município de Conceição do Mato Dentro, no coração do Parque Natural Estadual da Serra do Intendente.

Cachoeira do Bicame
Em Lapinha da Serra, a cachoeira do Bicame é uma das preferidas de quem gosta de fazer trekking. Depois de uma longa caminhada pela serra, o visitante tem uma recompensa de tirar o fôlego, pois a cachoeira fica em uma região de mata nativa. A cachoeira fica em propriedade particular, por isso é necessário solicitar autorização aos proprietários.

Fazemos excursões com pequenos grupos para esses lugares 
Façam um orçamento sem compromisso 
31 994316649 Whatsapp 
www.henriktour.com.br 

Serra do cipó e seus atrativos

Para chegar a uma das maiores concentrações de cachoeiras de Minas, saindo de Belo Horizonte , o caminho é a rodovia MG-10. Em cerca de uma hora e meia, já é possível avistar Santana do Riacho: município de 4,2 mil habitantes, cercado pelos paredões de pedra.

No local há três opções de camping. A diária custa R$ 35, mas também é possível ficar bem perto da natureza se hospedando nas pousadas.





As cachoeiras são a principal atração da Serra do Cipó. A água, com temperatura agradável, em torno dos 18 graus no verão, e a hidromassagem natural, seduz os turistas

Vários grupos organizam passeios entre as trilhas e cachoeiras da Serra e é possível montar pacotes com programações diferentes, como andar de caiaque.

O passeio nunca é correnteza abaixo, é sempre na parte mais tranquila do rio então qualquer pessoa pode participar, inclusive, crianças, é só colocar o colete que já está incluído no pacote e aproveitar.

Um dos lugares mais procurados da região é o Parque Nacional da Serra do Cipó. No parque são cinco cachoeiras abertas à visitação, a mais próxima fica a 8 km da portaria. Duas horas para ir e, claro, duas para voltar. Por cerca de R$ 100, em média, há opções de passeios em grupos, mas há quem prefira seguir caminho por conta própria.

O respeito à natureza garante água limpinha onde se pode até espiar os peixes. Também dá para chegar às cachoeiras de bicicleta.

O passeio a cavalo passa por rios, entra na mata e dura cerca de quatro horas. Os passeios incluem paradas nas cachoeiras. Banho nas piscinas naturais formadas pelas quedas d’água.

Na hora do almoço, as pousadas e restaurantes locais oferecem o cardápio tradicional de minas. Feijão tropeiro, frango com quiabo e angu. Delícias feitas no fogão à lenha. E como o turista termina o dia de passeio.
Agencia de turismo receptivo Henrik Tour faz passeios para a Serra do Cipó , façam suas reservas através do Whatsapp 31 994316649 TIM 

Cachoeira grande - Serra do Cipo

A Cachoeira Grande é um dos cartões postais de Minas Gerais e da Serra do Cipó, um dos conjuntos naturais mais exuberantes do mundo devido a sua história geológica e potência hídrica. As suas quedas se estendem horizontalmente por 50 metros, atingindo uma altura máxima de 10 metros. A Cachoeira Grande está em uma área privada, onde existe restaurante e banheiros. Uma taxa é cobrada para entrar na área da cachoeira.





Altura da Cachoeira Grande: 10 metros

Como chegar na Cachoeira Grande: Acesso no km 95 da MG-010. Após o acesso você vai andar por aproximadamente 2 km até a propriedade. A cachoeira fica próxima a portaria do Parque Nacional da Serra do Cipó.

Distância de Belo Horizonte: 100 km


Contato : 31 994316649 Whatsapp 
www.henriktour.com.br 

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Dicas de viagens e passeios em Minas Gerais

1- Brumadinho ( INHOTIM )

A apenas 60 km de Belo Horizonte, a cidade sedia o Instituto Inhotim, um dos museus mais legais do país, que se integra a um incrível jardim botânico. Ou seja, o lugar é um verdadeiro colírio para os olhos, seja pela arte ou pela natureza que o cerca. Na área de 400 hectares se espalham galerias com obras de Vik Muniz, Adriana Varejão e outros grandes artistas.




O TEMPO mostra terror instalado em Conceição do Mato Dentro após a construção do mineroduto da Anglo American

Ajude a salvar Conceição do Mato Dentro 


Tendo sua construção iniciada pelo ex-bilionário Eike Batista e posteriormente adquirido pela multinacional Anglo American, o mineroduto Minas-Rio é vendido em propaganda como sendo a chance de redenção econômica para os municípios que ficam localizados ao longo dos seus mais de 500 km de extensão, desde o município de Conceição do Mato Dentro (MG) até o Porto do Açu em São João da Barra.
Mas a extensa reportagem assinada pelas jornalistas Ana Paula Pedroza e Queila Ariadne, do jornal mineiro O TEMPO, mostram que as coisas não são tão douradas como a propaganda da Anglo American faz parecer, e o que de fato existe é um ambiente de terror contra os que ousam enfrentar o poderio econômico da multinacional e de todos os que gravitam em torno dos interesses da empresa.
Interessante notar a resposta protocolar que a Anglo American deu às jornalistas se apresentando como signatária do do Pacto Global das Nações Unidas (ONU) desde 2004 e que apoia a implementação dos princípios voluntários de segurança e diretos humanos. Pelo jeito todo este compromisso não chega ao território impacto pelo mineroduto Minas-Rio!
Veja mais em https://blogdopedlowski.com/tag/conceicao-do-mato-dentro/